Loading...

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

ESTAMOS DE OLHO, O CAMPO GRANDE É NOSSO E PARTE DESTE DINHEIRO TAMBÉM.


Vereadores aprovam legalidade do Orçamento para 2012

Valor é de R$ 3,48 bi; cortes em secretarias geraram protestos

 Os vereadores aprovaram nesta segunda-feira (5), em primeira discussão (legalidade), o Orçamento de Campinas para 2012, de R$ 3,48 bilhões. O mérito da proposta orçamentária, enviada pela prefeitura, será votada junto com as emendas apresentadas, em segunda discussão.
O orçamento encaminhado pela prefeitura é polêmico por conta, principalmente, das reduções apresentadas em algumas pastas, como Planejamento e Assistência Social. A proposta foi debatida na Câmara antes de entrar em votação. A transferência de responsabilidade de programas e serviços entre as pastas é o principal motivo da discrepância apresentada na peça, segundo a administração municipal, e não significa cortes necessariamente.
O próprio secretário de Finanças de Campinas, Fábio Forte de Andrade, chegou a afirmar durante audiência pública na Câmara que 2012 será um “ano duro”, com contingenciamento de 10% a 15%.
O presidente da Comissão de Constituição e Legalidade, Campos Filho (DEM), disse que as discussões e as cobranças dos vereadores serviram para apresentar um orçamento mais “pé no chão”. O relatório com as emendas já aprovadas pela comissão será entregue para cada vereador nesta terça-feira (6). A segunda e última votação do orçamento precisa ser feito ainda este mês.

Nenhum comentário: